segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

O ar que ele respira - Brittainy C. Cherry

O ar que ele respira @aperreioliterario:

Foto retirado do Pinterest

"Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim."

Quando não estou a ler, uma das coisas que mais gosto de fazer é procurar novos autores e novos livros. Outro dia, estava eu no youtube e assisti vários vídeos de diferentes booktubers brasileiras que falavam muito bem quer deste livro quer da autora.
Depois de muito procurar o livro por cá, e entenda-se por cá Portugal e sites portugueses de vendas de livros, e sem nada conseguir decidi instalar uma aplicação para e-books. Importei o livro e só descansei quando terminei a leitura.
Apesar de ter lido a obra em português do Brasil, que ao inicio atrapalhou um pouco mas que com o hábito já nem notei a diferença, fiquei com a vontade de o ler de novo e desta vez com uma tradução feita para Portugal. Por acaso não há por aí nenhuma editora interessada? Olha que é capaz de se tornar um top seller..., e depois não digam que eu não avisei! ahahahah
sobre o livro, ou melhor, sobre a leitura tenho a dividir a minha resenha em duas partes. A resenha propriamente dita e a minha experiência com os e-books.
Vou começar pela ultima parte. Há já alguns meses postei uma mensagem sobre a leitura em formato físico ou em e-book, para quem quiser ver pode fazê-lo aqui, e contrariamente ao que digo lá a minha opinião em relação a esta leitura em especifico é muito positiva. A leitura não foi lenta nem eu fiquei com a vista demasiado cansada. Sem duvida que é uma experiência a repetir!
Agora vou falar-vos do livro em questão. A autora criou uma obra Maravilhosa, sim com M grande. Eu adorei o enredo, a narrativa, a evolução das personagens e da história. Apesar de a história ter um "je ne sai quoi" de cliché eu fiquei estupefacta com a revelação da verdade por de trás da tragédia que se abateu sobre os protagonista. Ai como é difícil falar sobre o livro quando não queremos revelar muito sobre ele, para que não se perca o encanto. Este é sem duvida um dos meus livros preferidos (li-o em mais ou menos um dia) tal não foi o meu entusiasmo.
E a capa, aiiiii, como ela é gira. Como se diz por aí "é tão gira que até doi", ahahahah.
Pessoal, eu adorei a obra e por isso vou começar a pedir às editoras portuguesas para trazer o livro até aos escaparates portugueses. Vá lá, espero que façam o mesmo, por ouvem-se melhor um coro "literário" do que apenas a minha voz!

Boas Leituras!
;)

Sem comentários:

Enviar um comentário